Por: Juba

Diante do contexto atual, de isolamento, a conexão via internet e a vida virtual se tornaram ainda mais constantes. Assim, o vídeo é um relato de quarentena com objetivo de levantar questionamentos a respeito de uma sociedade que dita padrões estéticos em um ritmo frenético.

Utilizo a construção de uma maquiagem, que representa tanto a tristeza, como a alegria e em paralelo a isso a música de Edgar nos propõe inúmeros questionamentos sobre essa sociedade de plástico. O video foi produzido todo em um celular, tanto a gravação, quanto a edição utilizando o aplicativo Inshot.

Tags:

Comments are closed