Categories:

Com Prof. Sóstenes Lins

Sóstenes Lins, matemático e professor do CIN (Centro de Informática da UFPE), após vários anos de estudo, desenvolve, através de fórmulas, um conjunto de codificações de universos tridimensionais,  um tipo de DNA para atingir uma forma, uma junção de algoritmos que, quando postos em uma realidade em 3D, através do processo de estruturação manual do objeto, formam estruturas poligonais, denominadas de “UNIVS”.

Na prática de confecção, Sóstenes utiliza de uma relação direta entre arestas e vértices que seria uma espécie de combinatória, formando uma superfície regrada, a partir de retas paralelas e resultando na interação da forma, principalmente através de curvaturas naturais, as quais ocorrem sem mínima intervenção externa. Ele apenas as interliga para que, de maneira natural, o próprio objeto estabeleça uma forma individual.


Quando o matemático parte das formulações teóricas para a construção dos objetos, alguns com mais de mil vértices e uma grande relação de polígonos, ele almeja que a Matemática, enquanto Ciência, nesse caso, que busca tentar entender o espaço por meio de variedades tridimensionais, se torne mais receptiva e atrativa, despertando maior curiosidade daqueles que não necessariamente fazem parte desse ambiente acadêmico.

Para conhecer mais do trabalho do Prof. Sóstenes Lins, ouça o Podepeste acima e acesse o a página deste episódio no site oficial do projeto.

Tags:

Comments are closed